Arquivo de Janeiro, 2012

Se há tema que sempre me apaixonou foi a tv, seja ela de que formas ou conteúdos. Sempre gostei de espreitar as grelhas de saber as novidades antecipadamente, de discutir em fóruns, mas estes são tempos complicados para esse meio em Portugal. A crise é desculpa para tudo e como não podia deixar de ser a tv vai ser uma das mais prejudicadas, porque se criou o estigma que é dinheiro mal gasto, que existem ordenados muito elevados e a eterna questão do que é serviço público. Claro que aqui me vou debruçar sobre a RTP, porquê? Porque nas privadas pouco há a dizer sobre ficção que não seja novela, só para me manter no tema do blog.

(mais…)

Anúncios

Como é habitual nesta época muitas das estreias estendem-se pelo mês de Outubro e como tal vamos continuar a dar um breve olhar para o que os canais americanos nos trouxeram. Passado pouco mais de mês e meio já foi visível uma pequena limpeza das séries mais fracas e com isso ninguém se chateia muito dado que não provaram serem muito capazes. Destaque para o cancelamento de Charlies Angel’s (a minha aposta segura), Free Agents, The Playboy Club e How to be a Gentelmen (cancelada na teoria, mas que continua no ar). Por agora a maré acalmou e tivemos um mês recheado de algumas novidades que vamos dar uma rápida análise de seguida:

(mais…)

E chegamos finalmente à altura do ano em que surgem as novas séries para tapar o lugar das canceladas, entre a muita oferta que surge algumas ficam rapidamente pelo caminho outras ganham espaço na preferência dos fãs de séries. Não é com grande expectativas que esta temporada traga algo de inovador, apesar de tudo deu para ver que as audiências não foram tão massacrantes como no ano passado, existem algum potencial, mas também existe muita coisa que ficará no esquecimento. Entre comédias, policiais e dramas, este parece ser o ano em que o nível está bastante equilibrado destacando para já uma comédia e um policial: 2 Broke Girls e Prime Suspect. Mas esta é somente a primeira semana (segunda se considerar-mos a semana da CW como o inicio), mais séries ainda estão para vir até meados de outubro. Por agora olhemos para o que já podemos saborear da nova colheita de séries.

(mais…)


Nestes dias  de calor enquanto tentava escolher um tema para a crónica mensal dei por mim a pensar o que seria deste país daqui a 20 anos com toda a incerteza no futuro e a degradação clara dos valores e da própria sociedade. Não é um mal só nosso, pelo mundo inteiro os sinais estão claros que irá ter de emergir uma nova geração que lute pela mudança. Mas quanto a isso continuamos na penumbra à espera que os ditos iluminados resolvam tudo. Mas e a televisão o que será desta geração de programas e séries que também elas vivem ao sabor da incerteza do futuro? Este mês vamos percorrer um pouco os sinais de como a industria audiovisual se está a tentar escapar da eminente crise de ideias e de falta de dinheiro. O cabo e a sua expansão até onde, os grandes estúdios como lidam com a dificuldade em manter anunciantes e sobretudo como é que a crise de ideias poderia ser resolvida. Até já.

(mais…)

Bem vindos a esta pequena e sugestiva crónica mensal (por agora) que tenho o prazer de vos oferecer a convite do ilustre António Guerra. Não que saia algo de jeito porque no fundo o objectivo é provocar o mesmo efeito adverso que a Moodys tem nas bolsas, passar a pente fino o que é lixo ou não na tv e ser agredido verbalmente em praça publica (não irá tão longe assim espero). Vamos então começar por falar do verão, a divertida Silly Season que é cada vez melhor que a Fall Season

(mais…)