Adeus – A despedida de Chuck e Pan Am

Posted: 2012/02/24 in Análises de Temporada, Cancelamento/Renovações, Séries Americanas
Etiquetas:

Escolhi falar destas duas séries que encerraram nas ultimas semanas pelo facto de ambas terem alguns pontos em comum, apesar de uma ter durado 5 temporadas e outra somente 14 episódios. Chuck é um exemplo de resistência além do possível na tv americana, Pan Am acaba por ser o oposto onde não havia espaço para resistir aos tempos difíceis das audiências americanas. Apesar de tudo são bons exemplos do que as séries na generalidade podem ou não ser hoje em dia e partindo deste pressuposto vamos olhar para o passado.

Chuck

A série nunca foi perfeita, mas também nunca o quis ser. Quando estreou destacou-se das demais séries de espionagem dado o seu tom cómico e toda uma panóplia de personagens caricaturadas que nos transportavam um pouco aos anos 80 onde tudo se inventava na tv. As histórias por mais bizarras traziam os vilões mais maquiavélico e as missões mais loucas, sempre com um pé no drama e outro na comédia. Entre belas espiãs e vilãs que nos alegraram as vistas, entre participações de actores ligados ao imaginário das séries dos anos 80 e mesmo ao cinema a série conseguiu aquilo a que se propunha, ser um agradável entretenimento que nos conduziu por memórias do passado e brincou com o presente. Mas o tempo passou e ao fim de três temporadas e audiências em queda temia-se sempre o pior a qualquer momento e a série andou sem saber se terminava ou se continuava, com supostos finais a meio de temporada e continuações de revirar os olhos. Mas sobreviveu até à quinta temporada entre cancelamentos e retornos, onde foi finalmente encerrada. Não podemos olhar para esta série como algo que fique na história da tv, mas ninguém pode negar que se divertiu com as aventuras de Chuck e todo o percurso que o transformou num espião a sério. As épicas desgraças de Jeff e Lester e todo o universo consumista de uma loja cheia de nerds que escondia uma base secreta da CIA.  O final deixou alguma angustia dado que os autores optaram por não dar o final tão feliz quanto se poderia desejar para Chuck e Sarah. Mas quem sabe um filme não poderá ver a luz do dia daqui a uns anos. Por mim mesmo com sentimento que algo se perdeu no caminho, não deixo  de ficar contente que a série tenha conseguido deixar a sua marca.

Pan Am

A maior proximidade de Chuck e talvez a única é o facto de esta série também se aventurar no mundo da espionagem, como tema secundário. No entanto Pan Am falhou redondamente no seu objectivo. Quem mal nasce, tarde ou nunca de endireita já se dizia e foi o caso. O facto da série ter caído a pique foi a falta de capacidade de arrojo da série nos primeiros episódios e como sabemos é o elemento necessário para sobreviver. Com o passar dos episódios as histórias das hospedeiras da companhia aérea americana nos anos 60 foram evoluindo, mas não o suficiente para recuperar espectadores… nem uma Desperate Housewives com fim anunciada conseguiu ser lead in forte para série, já que o efeito desse anuncio parece ter sido inverso ao que se esperava. O que a mim me agradava mais era a presença de factos históricos, mas dada a limitação da série eles eram pouco relevantes e somente destaco o episódio em Berlim e o episódio 12 com a morte do Kennedy, porque de resto ficou tudo muito aquém do esperado. E depois a série cansou-se e apenas se arrastou para um final anunciado. Com um trambolhão lamentável naquela troca de episódios (quem isto ler e não tiver visto a série o episódio 13 deve ser visto a seguir ao 6, correndo o risco de nada daquilo fazer sentido). Mas nesta altura já o destino estava traçado e o episódio 14 mesmo não sendo oficial encerra sem dúvida a série com um pequeno happy ending e algumas dúvidas para o futuro. Certamente não irá deixar saudades e irá enterrar de vez as tentativas de séries de época nos canais abertos americanos. Esta é mais uma das vitimas da quebra das audiências na tv americana, parece que somente o cabo é capaz de produzir séries de sucesso e assim fica dificil que haja investimento em séries mais elaboradas e menos clichés.

Dentro de pouco tempo iremos conhecer mais das novas apostas dos canais americanos, mas pelo pouco que se sabe não há até agora nada de grande relevância e as tv continuam presas aos sucessos do passado que continuam a ficar caros e sem sucessores de peso para compensar.

Até breve.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s