Vikings – A Saga de Ragnar

Posted: 2013/04/21 in Novidades, Séries Americanas
Etiquetas:, , ,

Vikings

Este ano de 2013 tem sido bastante prolífero em séries novas e também o surgir de novos canais de distribuição de ficção. Vikings vem de um canal que na sua base apenas produzia documentários e telefilmes. O History Channel tem se aventurado nos últimos tempos com algumas mini séries com resultados espantosos. De facto as adaptações históricas são ainda hoje um grande atractivo para a industria audiovisual, tanto que o canal conta com dois dos produtos mais vistos dos últimos 12 meses, Hatfields and Mccoys e The Bible. Vikings vem atrelada a esta última e conseguiu destacar-se de tudo o resto do canal, criada por Michael Hirst, o mesmo de The Tudors, a série foge do tom de relato histórico associada a outras produções e transforma o universo viking num espectáculo visual impressionante.

A saga contada nesta série tem no geral um fundo de realidade dado que a personagem Ragnar Lothbrok existiu mesmo e foi um dos grandes heróis do povo escandinavo. A série foca-se na vida e nas viagens que terá feito a terras inglesas e as suas conquistas. Com alguns focos de espiritualidade e até mesmo o confronto com a igreja católica são pontos fortes ao longo de toda a série. O que se sabe sobre a vida dos vikings é normalmente pelas terras que ocuparam, dado que não era um povo letrado e portanto não existe muita informação escrita fidedigna sobre locais, pessoas e aspectos culturais mais concretos. No entanto a série explora muito do que se conhece deste povo, viviam essencialmente da pesca, roubos e eram um povo extremamente rude e violento.

Tal como Hirst fez com The Tudors a série tende ficcionar demasiado algumas histórias, seja pelo pouco que se sabe da sua família ou mesmo as lutas internas no poder do povoado.  Essa é uma critica recorrente a séries históricas deste género.

A grande mais valia da série é o seu monumental cenário de montanhas e florestas onde vive aquele povo, uma imagem austera e fria que caracteriza muito das vivências das personagens e deslumbra quem visualizar a série em HD,

Quanto à história em si é o percurso de Ragnar a sua determinação em viajar para oeste, o que faz descobrir as terras inglesas, alguma bondade evidente para transformar o personagem num herói e a presença de alguns vilões que vão mudando ao longo da série, estre eles o chefe da tribo, o seu irmão ou mesmo o rei inglês.

O elenco faz um excelente trabalho em vários aspectos, Travis Fimmel agarrou bem o personagem embora ás vezes ache que o tom de gozo que imputa as cenas soa um pouco descaracterizado. Gabriel Byrne é aqui o vilão mor e também o nome mais sonante do elenco. Destaca-se ainda Gustaf Skarsgård, com o seu divertido e irritante Floki, e Katheryn Winnick no papel da esposa de Ragnar, Lagertha, que mostra a força do papel da mulher numa sociedade muito rude e machista.

É uma das grandes novidades do ano que já teve direito a pedido de uma segunda temporada, algo que é a primeira vez que acontece no History Channel em séries de ficção. Olhando para o que se passou até ao momento faz antever que uma segunda temporada poderá ser algo relativamente diferente, nota-se claramente que a série não tinha uma intenção de continuidade, embora ela seja possível.

Aos domingos no History Channel.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s