Archive for the ‘Cancelamento/Renovações’ Category

As audiências das séries americanas desempenham um papel fundamental na sobrevivência das mesmas, não só porque ditam a necessidade de mudança de rumo como libertam criativamente os seus autores a explorarem mais a fundo as suas histórias. Mas o principal perigo da guerra de números é se uma série vai ou não ser cancelada antes do tempo ou mesmo se vai ser renovada. Claro que neste jogo existem muitos outros factores decisivos, seja o apelo da critica (e os prémios) seja a necessidade de render o produto para os chamados limiares do syndication (este termo designa de forma simples que a série pode ser vendida em pacote para outras estações americanas a preços bastante rentáveis quando chega a um limite de episódios mínimo). Nesta temporada que não tem sido tão má em números como a anterior há algumas séries que já tiveram o destino traçado, mas a conjuntura apela a moderação quando se cancela um produto ou não e por isso muitas ainda estão na corda bamba. Analisemos então o que se passou nestes dois meses da fall season.

(mais…)

Anúncios

Nomeado para Melhor Critica de TV. Clique na imagem para votar!

Há algo no final desta temporada que não podia deixar passar, não são as séries novas, não é o que foi renovado mas sim o que ficou marcado no tempo. Não foi um ano brilhante, não se pode dizer que houve grandes sucessos, não houve grandes surpresas no final da época. Mas este ano de 2012 marca de alguma forma o fim de uma era, coincidência ou não cinco séries canceladas (ou melhor terminadas) que nos deixam foram importantes marcos da última década, uns mais que outros é certo, mas todas elas deixarão memórias do que ainda de bom a tv nos ofereceu. Se o futuro trouxer os frutos do que agora nos deixa podemos dizer que não foi tempo perdido. Certamente muita gente se emocionou com os finais de House, Desperate Housewives e até Chuck e a tv é isto mesmo, feita de emoções e uma variedade enorme de géneros e aqui incluímos One Tree Hill e CSI Miami neste lote de despedidas. Cinco séries, cinco géneros, cinco finais, cinco canais o mesmo objetivo: fazer sonhar. E esta é a minha pequena homenagem a esta curiosa coincidência.

(mais…)

A CW tal como a sua irmã CBS costuma ser parca em novidades, normalmente duas três no máximo. A grelha também não permite muito mais. Este ano com nova direcção a opção foi mesmo tentar dar um novo alento ao canal e somente com dois cancelamentos (Ringer e The Secret Circle). A opção foi tentar dar um refresh na grelha e juntar as novidades a cada série antiga e são cinco as novidades, embora na fall season só venham a estrear três. Com o fim anunciado de Gossip Girl nas segundas teremos uma série de época , Carrie Diaries, nas terças Emily Owens, MD, nas quartas Arrow e quintas Beauty and the Beast.

Seguem os videos e algumas considerações sobre as novidades:

Emily Owens, MD

(mais…)

Hoje tive de escrever aqui, depois de mais uma série de estreias não podia deixar de exercer alguma opinião sobre o assunto do momento, a tv americana de sinal aberto está em clara degradação audiométrica. Os números de semana para semana são um pesadelo para as emissoras, excepto para a CBS claro. A NBC é a desgraça que se sabe, a abc é tudo a afundar, a fox nem o Idol se salva desta trapalhada toda, mesmo que ainda se veja ali números significativamente positivos e onde isto vai parar?

(mais…)

Escolhi falar destas duas séries que encerraram nas ultimas semanas pelo facto de ambas terem alguns pontos em comum, apesar de uma ter durado 5 temporadas e outra somente 14 episódios. Chuck é um exemplo de resistência além do possível na tv americana, Pan Am acaba por ser o oposto onde não havia espaço para resistir aos tempos difíceis das audiências americanas. Apesar de tudo são bons exemplos do que as séries na generalidade podem ou não ser hoje em dia e partindo deste pressuposto vamos olhar para o passado.

(mais…)

Na realidade este não é bem o melhor da época, porque uma série cancelada é sempre uma perda enorme no panorama audiovisual, sobretudo se a série tiver uma qualidade acima da média ou mesmo que seja agradável de assistir por gosto pessoal. O grande problema são séries canceladas sem um final previsto, com ganchos e histórias que provavelmente nunca saberemos como iriam acabar. Passemos então em revista os principais e alguns difíceis cancelamentos deste ano.

(mais…)

Quando se aproxima o final da época televisiva americana muitas noticias correm sobre possíveis cancelamentos e renovações de séries, os canais optam na maioria dos casos só anunciar mesmo na ultima semana, outras no entanto têm logo o seu destino decidido por esta altura. Neste momento há imensas séries que apesar de não termos a confirmação que vão continuar na realidade continuam mesmo devido ás boas audiências, outras sofrem a pressão das mesmas e lutam por sobreviver. É destas que iremos falar, as hipóteses de renovação de um grupo de séries que muitos querem ver renovadas mas que certezas ninguém tem mesmo.

Brothers & Sisters – Renovada

Eu acredito que seja renovada, mas  a série perdeu muita força e neste momento faz valores muito abaixo do que já fez noutros tempos, mesmo tendo um lead in da segunda série mais vista na ABC, Desperate Housewives. As razões para ser cancelada podem ser de ordem orçamental e sobretudo o desgaste que o elenco se queixa, como devem imaginar ter um elenco daqueles implica custos elevados e isso aliado à queda das audiências pode ditar o fim da série. Por outro lado o que pode salvar a série é simples facto de praticamente todas as novas séries da ABC terem sido um flop e portanto não há nada na grelha actual para ir para o domingo com presença solida , daí ainda se aguarda resultados de algumas series da mid season.

V – Cancelada

V surgiu como uma das estreias do ano passado de maior destaque, mas rapidamente a série caiu para valores muito fracos, foi com surpresa que a série  foi renovada, numa tentativa de novamente na mid season a série mostrar algum potencial e sejamos sinceros na realidade não conseguiu, pelo menos até ao momento a série limitou-se ao jogo do gato e do rato e não permitiu à serie subir de patamar. As audiências apesar de ligeiramente solidas não são suficientes para uma renovação. Não se dá nova chance a uma série destas em canais nacionais.

Mr. Sunshine – Renovada

Não há ainda muitos episódios para analisar, mas a série conseguiu algum destaque e um bom arranque. A abc tem tido sérias dificuldade em encontrar comédias sólidas, só Modern Family o conseguiu e portanto qualquer série que mostre capacidade de evoluir deve ser resgatada no canal. E tratando-se de um ano em que dois dos ‘Friends’ (Episodes e Cougar Town) conseguiram finalmente fazer algum brilharete na tv, nada como um terceiro para alegrar a nostalgia de outros tempos. Deverá ter uma segunda chance.

CSI: Miami – Renovada
CSI: NY – Cancelada

Estas duas é uma aposta minha, a CBS é o canal que tem menos cancelamentos, mas todos os anos há séries que eles descartam e será que chegou o momento dos CSI? CSI Miami tem perdido imensa audiências aos domingos, mesmo liderando na maior parte das vezes. CSI NY foi enviada para as sextas e igualmente perdeu audiência, embora aqui fosse expectável a queda. Num ano em que a CBS lança mais um spin of agora de Criminal Minds não serão demasiados na grelha? Daí eu tentar concluir que uma destas duas séries vai ser cancelada. A aposta vai para o CSI NY, por ser a mais nova e por ser considerada a mais fraca que tem sobrevivido muito à conta de participações especiais. Mas tudo dependerá das novas apostas e aqui é mesmo incerto o que irá acontecer.

Fringe – Renovada

Esta é a maior incógnita do ano, a mudança a meio da temporada para a sexta parecia ditar o fim da série, mas pode nem ser assim tão linear. Claro que a série não conseguiu manter os resultados que tinha na quinta feira, mas a Fox tem imensa dificuldade em ter algo com potencial nas sextas e tentaram usar a série como pretexto de salvar a sexta. Foi um jogada péssima, haveria certamente outro horário para a série.  Quase todos concordam que esta tem sido a melhor temporada de todas, no entanto isso não se revê em publico e aí reside o problema. A série certamente será renovada se olharmos para outros exemplos como Prison Break que teve direito à sua temporada final nas sextas feiras, Dollhouse que nunca se impôs mas que viu a chance de uma segunda temporada para finalizar. Fringe tem sido uma espécie de protegida da Fox e portanto na minha perspectiva o canal irá renovar para uma quarta e ultima temporada, talvez de 13 episódios apenas.

Chuck – Renovada

Chuck já deu o que tinha a dar, mas é das poucas séries não sitcom que apresentam alguma solidez e a NBC não tem conseguido nada de jeito nas segundas feiras. Certamente será renovada novamente, embora da minha parte encerre este ano a sua visualização, quando se anda ás voltas em mais do mesmo vezes sem conta fica-se tonto e isso não é bom.

The Event – Cancelada

Todos temos a certeza que a série vai ser cancelada e de quem é a culpa? Que série foi esta que tentou pegar em ideias de outras e fazer um milkshake? Não resultou esta gracinha com tons de 24 e Flashforward, com aliens pelo meio. A primeira parte foi um despejar de ideias pré concebidas e muito previsíveis. Curiosamente o final da primeira parte soa igual ao final da primeira temporada de V. Talvez a segunda parte mostre algum potencial, mas dificilmente irá convencer a NBC a renova-la e se isso acontecer é mesmo por desespero dado o fracasso que tem sido tudo o que este canal tem apresentado este ano.

Só uma nota final acerca de Two and a Half Men, acreditam que a série vai continuar sem o Charlie Sheen? Não é que ele mereça voltar por ser um autêntico idiota, mas a série é ele a fazer de si próprio e não acredito que na hipótese de haver um substituto a série tenha as audiências que tem e será certamente um tiro no pé.

Até breve com um olhar sobre o cabo americano.