Posts Tagged ‘cbs’

dominion

 

Aqui seguem as estreias do primeiro mês da Silly Season, que geralmente apresenta algumas das melhores novidades dos canais de cabo americanos. O mês é também preenchido com o regresso de novas temporadas onde se inclui a última de True Blood e Wilfred. Outros regressos passam por Suits, Graceland, Teen Wold, Falling Skies, Rectify, Defiance, Orange is the New Black entre outras.

Assistam os trailers das novidades do mês de Junho:

Dia 1: Halt and Catch Fire – AMC

 

Dia 7: Power – Starz

 

Dia 9: Murder in the First – TNT

(mais…)

Anúncios

turn-amc

Mais um mês mais algumas séries novas e mais alguns regressos mediáticos. Abril encerra oficialmente a mid season com o mês seguinte a ter espaço para as season finale da maioria das séries das network americanas. Entretanto começam a surgir as novidades para o verão. E uma estreia portuguesa…

Abril não apresenta uma extensa lista de novidades como Março ou Janeiro mas há algumas séries que sem dúvida merecem ser vistas.  Podem contar com o regresso de Unforgettable (T2B), Continuum (T3), Game of Thrones (T4), Veep (T3), Nurse Jackie (T6), Californication (T7), Mad Men (T7A), Awkward (T4), Orphan Black (T2) e Devious Maids (T2).

Apresento de seguidas os trailers das novas séries a estrear durante o mês de Abril:

Dia 6: Turn – AMC

 

Dia 6: Silicon Valley – HBO

 

Dia 13: Years of Living Dangerously – SHO

(mais…)

Klondike_Promo

Janeiro é conhecido como o inicio da Mid Season e portanto é habitual surgir um número relativo de novas séries nesta altura, além das estreias há também muitos regressos sobretudo no cabo, é o caso de Shameless e House of Lies na Showtime e Girls na HBO. Outros regressos a destacar são novas temporadas de Being Human, Archer, Cougar TownJustified e Banshee no cabo. Nas redes nacionais americanas surgem algumas apostas para preencher espaço de séries em pausa ou canceladas como é o caso de Community, Suburgatory e The Following. Em Inglaterra teremos novas temporadas de Top Gear e Call the Midwife.

Mas esta rubrica pretende destacar o que vai estrear de novo e aqui ficam vídeos das séries que irão ser lançadas até final deste mês, com géneros para todos os gostos desde o terror passando pelo suspense, procedurals, aventura, acção e comédia.

Dia 2: The Assets – ABC 

Dia 7: Killer Women – ABC

(mais…)

ms

Chegamos assim à última parte desta rubrica de revista do ano de 2013 em séries, sem nenhuma ordem de preferência aqui se fecham os destaque do ano que passou com algumas das estreias mais recentes. Vão notar certamente ausências óbvias resultado de não ter ainda visto as temporadas actuais ou simplesmente não seguir a série, o que não invalida que não haja melhores propostas do que estas por aí.

41. Crazy Ones T1

A nova comédia de David  E. Kelley (responsável pro Ally Mcbeal e Boston Legal) traz-nos desta vez uma sitcom no mundo da publicidade. Liderada por Robin Williams, que regressa assim à tv, e Sarah Michelle Gellar uma comédia cheia de loucura muito ao género do que o actor protagonista já nos oferecia no cinema. Contudo sente-se que a série não tem muito espaço para evoluir e se alguns episódios iniciais têm imensa graça a tendência é que se sinta um pouco a repetição com o passar do tempo. As participações especiais no entanto foram uma excelente aditivo, entre elas Kelly Clarkson e Adriana Lima.

42. Brooklyn 9-9 T1

Uma das comédias da fall season que se tem destacado na Fox e até já teve direito a nomeações nos globos de ouro. É sem dúvida uma série pouco habitual focando-se numa esquadra com polícias muito peculiares e com personagens algo estereotipadas.  A comédia é bem servida e o elenco funciona bem nas suas múltiplas características. Esta tem sido para mim a melhor nova comédia da temporada e acredito que se tiver chance vai ficar muito melhor.

(mais…)

Sean Saves the WorldChegamos assim ao último bloco de séries da fall season, obviamente haverá mais estreias mas agora começam a ser de forma mais espaçada e por isso serão abordadas a seu tempo de outras formas. Para fechar este ciclo apresentamos as últimas 5 comédias que estrearam esta semana. Não é definitivamente um bom ano para comédias, a maioria cai no género familiar cliché que tanto conhecemos sem grande capacidade de inovação. Quando não se recorre ás famílias usa-se os grupos de amigos e aí as coisas correm ainda pior. Sempre o mesmo. Fiquem então com as novidades:

(mais…)

sleepy-hollow-bannerA primeira dose das novas séries de drama americanas não é muito motivadora para prever o que vai ser esta temporada, há mudanças significativas na forma de apresentar as séries mas será isso suficiente para criar sucessos? Uma das medidas adoptadas este ano para evitar a crescente critica das ‘pausas’ são as chamadas séries de duração limitada. Ou seja em vez dos habituais 22 episódios (caso a série funcione) vão optar por temporadas de 13 ou 15 evitando assim parar a exibição e também ter histórias com uma estrutura de principio meio e fim sem estar tão preso à dúvida da continuidade da mesma. Por um lado é bom porque sabemos à partida que a série tem uma estrutura definida mas corre o risco de perante uma renovação ficar esvaziada de ideias. Mas se no cabo resulta porque não aqui?

As primeiras quatro apostas da temporada já por aí andam, entre a fantasia e as grandes intrigas parece que a primeira está a ganhar pontos, seja pelas primeiras audiências seja pelas criticas positivas. Segue-se as breves análises aos primeiros pilotos de drama:

(mais…)

2

Um dos temas recorrentes das comédias americanas é o uso da família, porque facilmente se consegue que as pessoas se identifiquem e pode ter vários escalões etários, sejam bebés, adultos, jovens ou idosos. Depois há toda uma estrutura em volta da mesma que permite criar uma diversidade de pequenos enredos próximos da vida real. No entanto a comédia tem vindo a procurar outras formas de explorar esse conceito de família, irmãos, vizinhos, casais recém casados e até novos géneros de famílias como as monoparentais ou os casais gays. Este ano não foi excepção e seguem-se mais alguns exemplos de novas séries que tentam explorar conceitos diferentes de ver a família. Alguns funcionam outros nem tanto. Como falamos de comédias mais uma vez digo que é difícil avaliar uma série pelo seu piloto e portanto o que pode ser mau agora pode até originar uma boa série.

De destacar dois grandes regressos à comédia na tv, que são também as duas maiores apostas no género este ano.

(mais…)