Posts Tagged ‘community’

Klondike_Promo

Janeiro é conhecido como o inicio da Mid Season e portanto é habitual surgir um número relativo de novas séries nesta altura, além das estreias há também muitos regressos sobretudo no cabo, é o caso de Shameless e House of Lies na Showtime e Girls na HBO. Outros regressos a destacar são novas temporadas de Being Human, Archer, Cougar TownJustified e Banshee no cabo. Nas redes nacionais americanas surgem algumas apostas para preencher espaço de séries em pausa ou canceladas como é o caso de Community, Suburgatory e The Following. Em Inglaterra teremos novas temporadas de Top Gear e Call the Midwife.

Mas esta rubrica pretende destacar o que vai estrear de novo e aqui ficam vídeos das séries que irão ser lançadas até final deste mês, com géneros para todos os gostos desde o terror passando pelo suspense, procedurals, aventura, acção e comédia.

Dia 2: The Assets – ABC 

Dia 7: Killer Women – ABC

(mais…)

2kwj1.jpg

Segue a quarta parte desta rubrica de revisão do ano de 2013. Sirvam-se à vontade com algumas das melhores séries do ano, sem ordem de preferência.

31 .Community T4

A primeira temporada sem Dan Harmon mostrou-se algo fraca, mas não foi de todo uma má temporada. As ideias feitas ao longo da série já tinham raízes e foi uma questão de ir resgatando e moldando. Claro que se sentiu a falta do autor mas episódios ao género muppets ou a timeline alternativa foram bem conseguidos e que mostram a variedade infinita de possibilidades da série.  É daquelas comédias que nunca me irei fartar de rever mesmo que digam que esta foi a temporada para esquecer.

32. Orange is the new Black T1

A última grande novidade do Netflix chegou com o verão. Da autoria de Jenji Kohan, a mesma de Weeds, a série mostra-nos uma versão leve e quase cómica do interior de uma prisão feminina. O grande ganho desta série é a quantidade de personagens fascinantes e o facto de podermos conhecer a cada episódio um pouco delas e da sua história. Mais do que a protagonista esta é uma série sobre mulheres e a sua condição e tudo o que as levou ali. É uma comédia a roçar o drama e não é tão exagerada como muitas vezes se dá a entender.

(mais…)

As audiências das séries americanas desempenham um papel fundamental na sobrevivência das mesmas, não só porque ditam a necessidade de mudança de rumo como libertam criativamente os seus autores a explorarem mais a fundo as suas histórias. Mas o principal perigo da guerra de números é se uma série vai ou não ser cancelada antes do tempo ou mesmo se vai ser renovada. Claro que neste jogo existem muitos outros factores decisivos, seja o apelo da critica (e os prémios) seja a necessidade de render o produto para os chamados limiares do syndication (este termo designa de forma simples que a série pode ser vendida em pacote para outras estações americanas a preços bastante rentáveis quando chega a um limite de episódios mínimo). Nesta temporada que não tem sido tão má em números como a anterior há algumas séries que já tiveram o destino traçado, mas a conjuntura apela a moderação quando se cancela um produto ou não e por isso muitas ainda estão na corda bamba. Analisemos então o que se passou nestes dois meses da fall season.

(mais…)

Eis chegados a mais uma fall season e aqui começa digamos o segundo ciclo desta crónica que fez em Agosto um ano. Na tentativa de não repetir o mesmo esquema do ano passado mas não fugindo ao principal assunto deste mês vamos fazer uma breve passagem pelo que nos espera na fall season, sejam as séries novas sejam os regressos. A tv americana não anda pródiga em séries muito originais, as audiências, o mercado e mesmo a concorrência em várias plataformas dita que os modelos sejam muito mais repetitivos e o olhar rápido sobre a fall season é notória a tentativa de segurar o que ainda resta, mesmo que isso não traga mais ninguém à tv. Claro que é o cabo que acaba por ser quem tem as alternativas, mas mesmo assim não há grandes novidades nesta reentre.

(mais…)

Faz agora um ano que iniciei esta crónica mensal, é com algum orgulho que não me arrependo de nada do que escrevi, mesmo que provavelmente tenha dito algumas asneiras e ou previsto coisas que nem aconteceram. Mas é assim o mundo das séries está sempre a mudar, sempre a trazer novidades, sempre a encerrar ciclos e a alargar os seus horizontes. E a aproveitando esta onda olímpica vou hoje fazer aqui uma pequena brincadeira com algumas séries e os jogos olímpicos. Como estamos a meio do verão vamos relaxar e em vez de me preocupar em analisar o que quer que seja vou despejar parvoíces mesmo. Preparados para as olimpíadas em série? 3 … 2 …. 1 GO!!!

(mais…)

Numa semana que não tem sido fácil é normal deixar aquilo que nos distrai de lado  e as preocupações ocupam-nos o tempo todo. Sou fã de séries, mas não me considero viciado e apesar de seguir umas 30 séries (não é viciado… diz ele) mas metade está por ver e só uma meia dúzia realmente sigo com regularidade semanal. E esta semana ao tentar escolher um tema olhei para a lista das séries e percebi que há um género que me faz alguma falta, as comédias e é sobre a sua presença ou não no quotidiano que vou falar hoje. Porque rir é preciso e 20 minutos não é assim tanto tempo.

(mais…)

Hoje tive de escrever aqui, depois de mais uma série de estreias não podia deixar de exercer alguma opinião sobre o assunto do momento, a tv americana de sinal aberto está em clara degradação audiométrica. Os números de semana para semana são um pesadelo para as emissoras, excepto para a CBS claro. A NBC é a desgraça que se sabe, a abc é tudo a afundar, a fox nem o Idol se salva desta trapalhada toda, mesmo que ainda se veja ali números significativamente positivos e onde isto vai parar?

(mais…)